Simples…

One Comment

  1. Olha…um E cheio de caracóis! Cá para mim o Camerando, noutra encarnação, foi monge copista numa abadia medieval qualquer. Já o vejo curvadinho no scriptorium a copiar o seu fólio com a paciência de um santo. Mas que é elegantíssimo, este E, lá isso não há dúvida.Bela ideia!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *