Equilíbrio

Sim, é exactamente o que parece.

Apenas um ovo e paciência.

Não há montagens, cola, suportes, ranhuras, fissuras, buracos ou qualquer outro artifício.

O ovo está cru, e optei pelo lado mais estreito (“de cabeça para baixo”), em tese o mais difícil.

A superfície é lisa como vidro.

Tente você também…

…e cuidado para não derrubar a vela!

8 Comments

    1. camerando

      Ana Simões,

      Sou um grande admirador de suas fotografias, motivo pelo qual me sinto honrado em ler seu comentário de apreço.
      Farei o possível fotograficamente para continuar sendo digno de vossa presença neste espaço.

      Sobre o sistema de comentários: por questões de segurança digital, é importante esta validação do seu primeiro comentário.
      Por outro lado, a partir daqui você está totalmente livre para escrever (como já falei, espero conseguir te dar motivo para tal).

      Muito Obrigado!

  1. Pois… E será que valeu a pena estar com tanto trabalho? Não teria sido mais rápido colar o ovo, ficar caladinho e cada um ficava a pensar o que quisesse?
    🙂

    Mas com cola ou sem cola, o trabalho fotográfico está irrepreensível. Bom controlo da luz e os reflexos foram muito bem realçados.

    Acho que eu não vou tentar, até porque acho que não teria a paciência necessária para colocar o ovo em pé. A menos que eu use alguma falcatrua…
    😀

    1. camerando

      L.Reis,

      Tenho grande respeito por vossos trabalhos fotográficos. Assim, é um grande contentamento recebê-la como visitante e comentarista.

      Consigo imaginar-te partindo os ovos! 🙂

      Sou muito grato por vosso apreço.

  2. Só costumo informar em quantos votei dos distinguidos em cada Desafio, CAMERANDO.
    Depois, na valorização dos meus votos ( que é renovada de duas em duas semanas ) poderá ( ou não ) saber-se se votei na do TOP dos TOPS.
    E mais não digo…

    Grande abraço.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *